Notícias

Página para Impressão
Votlar
 

Farmacêuticos e estudantes levam orientação à população sobre uso racional de medicamentos

 
Assessoria de Comunicação do CRF/PE  |  07/05/2018
 


Os danos causados pela automedicação podem trazer conseqüências mais graves do que se imagina: intoxicações, reações alérgicas, dependência e, em alguns casos, o óbito. Além de graves, esses danos custam cerca de 60 bilhões de reais ao ano para o Sistema Único de Saúde – SUS.

Atentos ao problema, os conselhos de Farmácia de todo o país se uniram em uma campanha nacional de promoção da adesão às terapias medicamentosas e ao seu uso seguro e racional. A iniciativa é em comemoração ao Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos que aconteceu no dia 5 de maio.



Em Pernambuco, para evidenciar a data, o Conselho Regional de Farmácia (CRF-PE) e o Diretório Acadêmico de Farmácia Carl Sheele da Universidade Federal de Pernambuco (DAFARCS-UFPE) realizaram, na manhã do sábado (05/05/18), no bairro da Várzea, em Recife, mais uma ação de alerta à população sobre os riscos que envolvem a automedicação.

Na ocasião, farmacêuticos e acadêmicos de Farmácia orientaram a população sobre uso seguro, armazenagem e descarte correto dos medicamentos. Também foram prestados serviços gratuitos de aferição de pressão arterial e aplicação de testes de glicemia.

A atividade envolveu estudantes de Farmácia da UFPE e da Faculdade Pernambucana de Saúde (PFS). As diretoras do CRF-PE, Gisêlda Lemos (Presidente) e Joyce Nunes (Tesoureira) participaram da ação e destacaram a importância do contato do farmacêutico com a população como forma de reforçar o seu papel como profissional diretamente ligado ao cuidado. Também esteve presente na ação o farmacêutico Ulisses Cordeiro, integrante da Comissão Parlamentar do CRF-PE.

A iniciativa contou com o apoio da Drogafonte.

Veja mais imagens da ação em nossa página no facebook: www.facebook.com.br/crfpe